terça-feira, 9 de outubro de 2012

Sangue

É de sangue, de guerra,
que é feita a história.

Sangue escorre na terra,
fica na memória.

É a dor na TV, nos jornais.
Quem te viu, quem te vê,
e quem nunca verá.

A gota, uma lágrima.
Escorre no rosto.
Só mais uma, um poço.

A gota d'água.

Nenhum comentário: