terça-feira, 4 de setembro de 2012

Dezessete meses depois...

Nunca tinha me dado conta de quanta coisa pode acontecer em 17 meses. Aqui estou, com tudo mudado.

Perna nova, trabalho novo... tanta coisa diferente. Alguns erros repetidos, mas muitos aprendidos.

Novas lágrimas choradas, por novos e velhos motivos, mas nunca sem emoção.

Ás vezes paro para pensar em quantas pessoas me ajudaram, me deram uma força, uma palavra, se dedicaram a mim, e percebo que não conseguiria fazer uma lista sem ser injusto com ninguém.

Mas tenho certeza que você, que está lendo isso agora, sabe do que estou falando. E mesmo que eu não tenha dito, ou que não tenha demonstrado, saiba que a minha gratidão é maior que eu, e a minha alegria por ser o que sou depois desse tempo de recuperação foi construída de cada momento, de cada gesto, de cada palavra e pensamento que me foi dedicado.

Não citarei nenhum nome, mas levo todos vocês comigo.

P.S.: Tive retorno na Unesp ontem, e tirei uma foto do raio-x que fiz. Até amanhã no fim do dia estará postada aqui.