sábado, 24 de dezembro de 2011

Internação, chegadas e partidas...Adeus 2011

Me internei (não sei se isso tá bem certo...) no dia 11 de dezembro. Não tinha leito pra mim na enfermaria de ortopedia, e fui internado na enfermaria de cirurgia geral. Naquela mesma tarde, o senhor que dividia o quarto comigo teve alta, e eu passei a noite com o quarto só para mim. E a dificuldade pra dormir? Sempre lá. Falei que estava com dificuldade pra dormir, e me receitaram meio comprimido de diazepan. Nenhum efeito. No dia seguinte, conversei com um amigo que é médico lá ( Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu - UNESP) e ele me receitou 8 gotas de neozine. As enfermeiras falaram que 3 gotas derruba o crioulo. Não adiantou muito também.

Na segunda chegou outro paciente para ocupar o leito ao lado do meu, e logo fizemos amizade. Ele havia feito cirurgia de apendicite, e tinha muitas dores.

A minha cirurgia foi na sexta, dia 16. Sala de cirurgia. Anestesista:
- Jiddu, sua anestesia sera rack, você já fez alguma? 
- Huuum, pelo menos umas 6 vezes...rsrs.
- Ah, então nem vou explicar! 
- Não precisa não, e também não precisa nem se preocupar em achar o lugar certo, é só ver a marquinha e enfiar a agulha!

A cirurgia foi tranquila (pelo menos para mim, nem vi nada...) e o pós operatório também.

Uma demonstração de companheirismo: No sábado, eu tomando remédio na veia, fiquei com vontade de fazer xixi. E agora, como fazer? O suporte do soro era pesado, e mesmo se fosse leve, como eu iria puxá-lo, de muletas?
- Jiddu, eu levo o seu remédio pra você, aí você consegue ir.
- Sério mesmo, Marcos (o meu companheiro de quarto)? 
- Porra cara, obrigado!
Fiquei feliz hein! Demos altas risadas varias vezes, e ele foi embora pra casa no domingo.
Eu fui na segunda. Oito dias internado. Totalizando 31 no ano.

Segunda é dia de Stammtisch. Mas eu fiquei bem quietinho em casa.

Noite fatídica. Adeus Fabio Cortés. Você é muito querido. Circunstâncias muito ruins. Não posso fazer nenhuma crítica, apenas lamentar. Veja um dos textos sobre isso: http://bicicreteiro.org/2011/12/23/fechado-por-luto/

Acho que demorei uma semana para terminar de escrever esse post.

One year.So much to do. So much to say. Much to remember.
I am not forgetting you, So much to learn. Adeus 2011.




Um comentário:

C a r o l l a '' disse...

pode ter certeza que tá acabando né? essa sua internação foi dificil hein? que dureza te visitar te encontrar lá, ahaha, sem comentários!nada como ter um sorriso seu apesar das circunstancias! vamos lembrar de 2011 não como um ano dificil, mas um ano de vitória afinal, olha tudo que passou, e você está vivo! ;)