quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Cotidiano

"Todo dia ela faz tudo sempre igual, me sacode as seis horas da manhã...'

Não tããão cotidiano assim. Começar pelo fim.


  • 4 da manhã. Finalmente, depois de uma longa batalha, durmo.
  • 10 da manhã. Acordo. Com sono. Mas levanto. Meia hora para ficar pronto para qualquer coisa.
  • Contraste Studio, com meu amigo Fabio Gil. No caminho tem uma prosinha com o pessoal da Marcenaria Verde Verniz, do Trabambu e da Amore. Dependendo da hora, um café. Preto. Sem açúcar. Boas risadas! Subir escadas (gosto dessa parte, é um exercício de superação, afinal são uns 20 degraus, curtos e altos.) Cada dia tento melhorar a minha técnica de subida. Ultimamente tenho conseguido subir dando passos com os dois pés, sempre apoiando no corrimão, e na muleta, no braço esquerdo (cada vez menos!).
  • 13h aprox. Hora do rango. Descer as escadas. Não faz muito tempo que não me apóio no corrimão, mas não coloco o pé direito nos degraus. Pé esquerdo e muletas. To querendo tentar colocar o pé direito também, vamos ver.
  • 14:40. Se for segunda, quarta, ou sexta, fisioterapia! Um analgésico pra não judiar muito.  Hoje foi meio complicado, tava com dor, mas dei mole não, o fisioterapeuta perguntou se eu queria diminuir o peso hoje, mas deu pra fazer com os 2kg mesmo!
  • 17h, aprox. De volta em casa, se não tiver muita coisa pra fazer na cidade. Se tiver ficado em casa, provavelmente fiquei trabalhando no note, e de qualquer forma, é hora do lanchinho. A mamis sempre traz algo gostoso.
  • 19h, aprox Hora do banho. Dura no mínimo uns 40 minutos.Nos últimos dias tenho terminado o banho de pé, debaixo do chuveiro. Que sensação boa! Depois do banho fica um pouco dolorido também, ás vezes tenho que mandar mais um analgésico.
  • Hora da janta.
  • Dependendo do dia, fazer o Marawê dormir, ou então internet, ás vezes leitura, filme e trampo.
  • 23h. Hora de dormir, mas não consigo essa hora. Geralmente ainda no trampo, note, etc.
  • 0h. Hora de dormir. Agora já dá pra começar a tentar. Fazer oração. Deitar. Sem chance. 
  • 1h. Hora de dormir. Fome. Hora do lanchinho da madrugada, Se não consegui dormir sem fome, com fome é que não vai meeeesmo!
  • 2h. Hora de dormir-O retorno. Deitar. Fechar os olhos. Nessa posição não dá. Nem nessa. Nem nessa. Sentar na cama. Ficar encostado na parede. Tomar água. Fazer xixi. Ok, o sono ficou mais forte. Deitar. Pensar na morte da bezerra. Contar carneirinhos. Me concentrar na respiração. Fazer oração. Sem chance. Dor, se não tivesse presente, ela está agora, de tanto eu me virar e me mexer procurando um jeito de dormir.
  • 3h. Já que não dá pra dormir, voltar um pouco pra internet. Facebook. Msn. Skype. Falar com outros notívagos Insones.
  • 4h. Hora de dormir-Eu ainda sei o que você fez na noite passada. Deitar. Fechar os olhos. Nessa posição não dá. Nem nessa. Nem nessa. Sentar na cama. Ficar encostado na parede. Analgésico. Finalmente, depois de uma longa batalha, durmo.
Com variações em torno do mesmo tema. 

Inté!

6 comentários:

Diogo disse...

hj foi 2Kg...na próxima sessão vamos com 3Kg! sistema bruto! hahahaha
Parabéns pelo blog Jiddu!

Diogo disse...

ahh...tenho q dizer q começou mto bem, citando Chico Buarque! ahhaahah

Jiddu disse...

Valeu Diogo! Olha que vamos com 3Kg mesmo hein? Sua orientação tá sendo ótima pra isso! Chico é bom demais! Abraço!

ventuana disse...

Se quiser uma insone pra papear, tem uma aqui! Beijo, Jiddu - gostei!

Bruno Giraldi disse...

Força sempre irmão. Deus abençoe essa luta.

C a r o l l a '' disse...

é só a mamis que faz alguma coisa gostosa e a dona Rê?? é o senhor me faz dormir tarde sabia, eu falo vou dormir Jiddu e o senhor: pera ai!! e assim se vão as horas.... as coisas vão melhorar tá? estamos com vc!! beijão!!