sábado, 24 de dezembro de 2011

Internação, chegadas e partidas...Adeus 2011

Me internei (não sei se isso tá bem certo...) no dia 11 de dezembro. Não tinha leito pra mim na enfermaria de ortopedia, e fui internado na enfermaria de cirurgia geral. Naquela mesma tarde, o senhor que dividia o quarto comigo teve alta, e eu passei a noite com o quarto só para mim. E a dificuldade pra dormir? Sempre lá. Falei que estava com dificuldade pra dormir, e me receitaram meio comprimido de diazepan. Nenhum efeito. No dia seguinte, conversei com um amigo que é médico lá ( Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu - UNESP) e ele me receitou 8 gotas de neozine. As enfermeiras falaram que 3 gotas derruba o crioulo. Não adiantou muito também.

Na segunda chegou outro paciente para ocupar o leito ao lado do meu, e logo fizemos amizade. Ele havia feito cirurgia de apendicite, e tinha muitas dores.

A minha cirurgia foi na sexta, dia 16. Sala de cirurgia. Anestesista:
- Jiddu, sua anestesia sera rack, você já fez alguma? 
- Huuum, pelo menos umas 6 vezes...rsrs.
- Ah, então nem vou explicar! 
- Não precisa não, e também não precisa nem se preocupar em achar o lugar certo, é só ver a marquinha e enfiar a agulha!

A cirurgia foi tranquila (pelo menos para mim, nem vi nada...) e o pós operatório também.

Uma demonstração de companheirismo: No sábado, eu tomando remédio na veia, fiquei com vontade de fazer xixi. E agora, como fazer? O suporte do soro era pesado, e mesmo se fosse leve, como eu iria puxá-lo, de muletas?
- Jiddu, eu levo o seu remédio pra você, aí você consegue ir.
- Sério mesmo, Marcos (o meu companheiro de quarto)? 
- Porra cara, obrigado!
Fiquei feliz hein! Demos altas risadas varias vezes, e ele foi embora pra casa no domingo.
Eu fui na segunda. Oito dias internado. Totalizando 31 no ano.

Segunda é dia de Stammtisch. Mas eu fiquei bem quietinho em casa.

Noite fatídica. Adeus Fabio Cortés. Você é muito querido. Circunstâncias muito ruins. Não posso fazer nenhuma crítica, apenas lamentar. Veja um dos textos sobre isso: http://bicicreteiro.org/2011/12/23/fechado-por-luto/

Acho que demorei uma semana para terminar de escrever esse post.

One year.So much to do. So much to say. Much to remember.
I am not forgetting you, So much to learn. Adeus 2011.




terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Google Chrome com múltiplas instâncias independentes


Para quem precisa rodar duas ou mais instâncias do Chrome ao mesmo tempo, sem precisar ter 2 contas de
usuário no Windows, faça o seguinte:

1- Vá até a pasta de SEU USUÁRIO no Windows Explorer, geralmente no Disco Local C:, e procure o seguinte caminho (a pasta AppData é oculta por padrão):
C:\Users\SEU NOME DE USUÁRIO\AppData\Local\Google\Chrome\User Data

2- Crie dentro de "User Data" uma nova pasta, e nomeie-a como desejar.

3- Crie uma cópia do seu atalho para o Chrome (na Área de Trabalho) , depois abra as Propriedades

desse atalho e adicione na caixa "Destino:", o seguinte no final do caminho do atalho:
 --user-data-dir="..\User Data\NOME DA PASTA CRIADA EM User Data"
note que há um espaço no início, que deve ficar após \chrome.exe

O resultado será algo como:
C:\Users\Jiddu\AppData\Local\Google\Chrome\Application\chrome.exe --user-data-dir="..\User Data
\teste"
Veja abaixo:

4- Aperte OK e estamos resolvidos! Sugiro mudar o ícone dessa segunda instância, para não confundir.

Pode-se fazer isso para mais instâncias, mas eu só testei até 3.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Cotidiano

"Todo dia ela faz tudo sempre igual, me sacode as seis horas da manhã...'

Não tããão cotidiano assim. Começar pelo fim.


  • 4 da manhã. Finalmente, depois de uma longa batalha, durmo.
  • 10 da manhã. Acordo. Com sono. Mas levanto. Meia hora para ficar pronto para qualquer coisa.
  • Contraste Studio, com meu amigo Fabio Gil. No caminho tem uma prosinha com o pessoal da Marcenaria Verde Verniz, do Trabambu e da Amore. Dependendo da hora, um café. Preto. Sem açúcar. Boas risadas! Subir escadas (gosto dessa parte, é um exercício de superação, afinal são uns 20 degraus, curtos e altos.) Cada dia tento melhorar a minha técnica de subida. Ultimamente tenho conseguido subir dando passos com os dois pés, sempre apoiando no corrimão, e na muleta, no braço esquerdo (cada vez menos!).
  • 13h aprox. Hora do rango. Descer as escadas. Não faz muito tempo que não me apóio no corrimão, mas não coloco o pé direito nos degraus. Pé esquerdo e muletas. To querendo tentar colocar o pé direito também, vamos ver.
  • 14:40. Se for segunda, quarta, ou sexta, fisioterapia! Um analgésico pra não judiar muito.  Hoje foi meio complicado, tava com dor, mas dei mole não, o fisioterapeuta perguntou se eu queria diminuir o peso hoje, mas deu pra fazer com os 2kg mesmo!
  • 17h, aprox. De volta em casa, se não tiver muita coisa pra fazer na cidade. Se tiver ficado em casa, provavelmente fiquei trabalhando no note, e de qualquer forma, é hora do lanchinho. A mamis sempre traz algo gostoso.
  • 19h, aprox Hora do banho. Dura no mínimo uns 40 minutos.Nos últimos dias tenho terminado o banho de pé, debaixo do chuveiro. Que sensação boa! Depois do banho fica um pouco dolorido também, ás vezes tenho que mandar mais um analgésico.
  • Hora da janta.
  • Dependendo do dia, fazer o Marawê dormir, ou então internet, ás vezes leitura, filme e trampo.
  • 23h. Hora de dormir, mas não consigo essa hora. Geralmente ainda no trampo, note, etc.
  • 0h. Hora de dormir. Agora já dá pra começar a tentar. Fazer oração. Deitar. Sem chance. 
  • 1h. Hora de dormir. Fome. Hora do lanchinho da madrugada, Se não consegui dormir sem fome, com fome é que não vai meeeesmo!
  • 2h. Hora de dormir-O retorno. Deitar. Fechar os olhos. Nessa posição não dá. Nem nessa. Nem nessa. Sentar na cama. Ficar encostado na parede. Tomar água. Fazer xixi. Ok, o sono ficou mais forte. Deitar. Pensar na morte da bezerra. Contar carneirinhos. Me concentrar na respiração. Fazer oração. Sem chance. Dor, se não tivesse presente, ela está agora, de tanto eu me virar e me mexer procurando um jeito de dormir.
  • 3h. Já que não dá pra dormir, voltar um pouco pra internet. Facebook. Msn. Skype. Falar com outros notívagos Insones.
  • 4h. Hora de dormir-Eu ainda sei o que você fez na noite passada. Deitar. Fechar os olhos. Nessa posição não dá. Nem nessa. Nem nessa. Sentar na cama. Ficar encostado na parede. Analgésico. Finalmente, depois de uma longa batalha, durmo.
Com variações em torno do mesmo tema. 

Inté!

sábado, 3 de dezembro de 2011

Rede sem fio e fertilidade masculina. Perigo

Recentemente o uso de computadores portáteis conectados a redes sem fio tornou-se corriqueiro, e até mesmo indispensável. Pessoas usando a rede sem fio (Wi-Fi) estão expostas a sinais de rádio , podendo ter parte da anergia transmitida pelo seu corpo. Tá. Isso não é nenhuma novidade.

Computadores portáteis são muitas vezes usados no colo, expondo a área genital tanto a ondas de radiofrequência como a temperaturas elevadas.

Num estudo conduzido por profissionais do Nascentis Centro de Medicina Reprodutiva em Cordoba, Argentina em conjunto com o Eastern Virginia Medical School, Norfolk, Virginia - EUA chegou-se a um resultado de que o uso de Wi-Fi diminui a motilidade dos espermatozóides humanos e aumenta fragmentação do DNA do esperma.

Traduzindo: Motilidade é, literalmente, a capacidade ou facilidade de se mover. praticamente um sinônimo de mobilidade. Fragmentação nesse caso pode ser interpretada como danos no DNA.

Segundo o estudo, homens que ficam muito tempo com notebook no colo conectados na internet via Wi-Fi podem ter problemas de fertilidade.

A - Esquema do experimento. B - Situação esquemática do uso de notebook no colo, próximo aos testículos. C -  Diagrama do estudo in vitro. Os discos de Petri foram colocados a 3cm do notebook. Cada disco de Petri continha 400 ml de esperma imerso em fluido sintético, coberto com óleo mineral para prevenir a evaporação.

Acompanhe:

29 amostras de sêmen foram coletadas de doadores saudáveis depois de um período de 2 a 5 dias de abstinência. As amostras, depois de analisadas e selecionadas, foram imersas em um meio específico para esse tipo de estudo, composto, entre outros, de óleo mineral, e cada uma foi dividida em 2 recipientes (A e B).

Os recipientes B foram posicionados abaixo de um notebook (Toshiba Satellite M305D-S4829) conectado  à internet através de rede sem fio (Wi-Fi, frequência de 2.4 GHz definida pelo IEEE 802.11b), em temperatura ambiente e a uma distância constante de 3cm (distância estimada no uso no colo de uma passoa) do notebook, por um período de 4 horas, durante os quais foram efetuados downloads e uploads constantes, mantendo a rede sem fio em uso constante e ativo.

Os recipientes A foram mantidos em iguais condições de armazenamento, numa sala sem a presença de equipamentos eletrônicos próximos.

Foram feitos testes de intensidade de radiação em notebook usando Wi-Fi, não usando Wi-Fi e sem o uso do notebook. A intensidade da radiação com o uso de Wi-Fi foi de 3 a 4 vezes maior que sem o uso,e de 7 a 15 vezes maior que sem o uso do notebook.

O resultados finais indicam que houve uma diminuição significativa na motilidade progressiva dos espermatozoides, concomitante com o aumento de espermatozóides sem motilidade, quando comparados ao grupo de controle (recipientes A). Além disso houve grande aumento na porcentagem de espermatozóides com DNA danificado, o que, segundo reportagem do UOL, representa que esses pacientes têm três vezes mais riscos de ter algum problema de fertilidade.

O estudo discorre ainda sobre resultados de pesquisas sobre o impacto de ondas de radiofrequência em espermatozóides humanos e em testes realizadas com ratos.

Para quem lê em inglês é um bom material para pesquisa. Os links para a matéria no UOL e para o artigo completo estão abaixo;

Reportagem UOL: http://noticias.uol.com.br/ultnot/cienciaesaude/ultimas-noticias/2011/11/30/usa-o-notebook-no-colo-afeta-fertilidade-de-espermatozoides-diz-estudo.jhtm.

Artigo original: http://download.journals.elsevierhealth.com/pdfs/journals/0015-0282/PIIS0015028211026781.pdf

Conteúdo relacionado: Wi-Fi poderia matar árvores