quinta-feira, 27 de maio de 2010

TRANSISTOR DE 7 NANÔMETROS !!!

SÃO PAULO - Um grupo de pesquisadores de duas universidades australianas anunciou a criação de um transistor de que utiliza apenas sete átomos em sua composição. Medindo quatro nanômetros (ou quatro milionésimos de milímetro), o dispositivo pode ser a peça-chave para a criação de computadores quânticos, capazes de aumentar exponencialmente a capacidade de processamento dos equipamentos atuais.

A produção do nanotransistor foi publicada ontem na revista científica Nature Nanotechnology. "Aqui relatamos a fabricação de um ponto quântico de poucos elétrons em um cristal de silício que não contém interfaces heterogêneas", diz o resumo do artigo. O que os cientistas fizeram foi substituir sete átomos do cristal de silício por átomos de fósforo.

Michelle Simmons, que lidera o estudo, afirma que a tecnologia terá aplicações diretas em áreas como a de transações financeiras e previsão do tempo, que envolvem milhões de cálculos por segundo na análise de possíveis cenários. "Será possível resolver problemas que em um computador normal levariam mais do que a idade do universo", disse a pesquisadora ao jornal britânico Telegraph.

Apesar das perspectivas, o uso comercial do processo deve levar cerca de cinco anos, segundo Michelle. Para que um chip tivesse a capacidade de processamento permitida pela nova tecnologia, seriam necessários bilhões de transistores de cristal de silício, e o primeiro dispositivo criado pelos pesquisadores australianos foi feito "à mão".

Célio Yano, de Exame.com

Segunda-feira, 24 de maio de 2010 - 17h10

Nenhum comentário: